Notícias

Abertura processos seletivos de pós-graduação 2019 IAC

publicado em

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRICULTURA TROPICAL E SUBTROPICAL

EDITAL 2019-2021: EXAME DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO

1. Inscrições:

As inscrições deverão ser feitas conforme instruções no site www.iac.sp.gov.br link: Pós-Graduação - Processo Seletivo 2019-2021, no período de 2 a 31 de outubro de 2018. A entrega da documentação exigida deverá ser feita na Secretaria de Pós-Graduação do Instituto Agronômico, no prédio “Franz W. Dafert” – setor da Pós-Graduação, sito à Av. Barão de Itapura, 1481, Campinas (SP), das 9 horas às 12 horas e das 14 horas às 16 horas, ou pelos Correios – SEDEX, com data de postagem limite até 31 de outubro de 2018.

2. Documentação exigida:

- Ficha de inscrição (modelo on-line). Link: http://www.iac.sp.gov.br/areadoinstituto/posgraduacao/processoseletivo_mestrado.php

- 1 foto 3X4.

- Histórico escolar completo do curso superior, com as reprovações e nome por extenso das disciplinas cursadas (1 cópia simples).

- Diploma do curso superior (1 cópia simples).

- Currículo acompanhado das cópias dos documentos comprobatórios.

- RG (1 cópia simples).

- 1 carta de recomendação (modelo on-line), a qual deverá ser enviada diretamente para secretaria do PPG-IAC pela pessoa que está recomendando o candidato. Link: http://www.iac.sp.gov.br/areadoinstituto/posgraduacao/processoseletivo_mestrado.php

- Para candidatos com vínculo empregatício: carta da empresa concordando e liberando o candidato para a realização do curso.

- Para pesquisadores do Instituto Agronômico, é exigida apresentação de documento de autorização para realização do curso, emitido pela CATPG (Comissão de Avaliação de Treinamento em Pós-Graduação).

 

Nota: Não serão aceitas inscrições com documentação incompleta. Será aceita somente a seguinte exceção: caso o candidato ainda não tenha diploma de graduação, poderá apresentar uma declaração da instituição de ensino indicando a data de colação de grau, que deverá ser anterior a 28 de fevereiro de 2019. Neste caso, o diploma de graduação deverá ser apresentado no ato da matrícula ou no decorrer do curso no prazo máximo de seis meses.

3. Seleção e Divulgação dos Resultados:

A seleção será realizada nos dias 7, 8 e 9 de novembro de 2018 e compreenderá as seguintes fases, para as três áreas de concentração: 1) análise da documentação apresentada, 2) análise do currículo, 3) prova escrita - específica da área de concentração e 5) entrevista (8, 9 ou 10 de novembro). A prova específica será composta de duas partes: parte A, com questões em língua portuguesa e parte B, com

uma ou mais questões em lingua inglesa. Ambas as partes versarão sobre temas da área na qual concorre o candidato. A divulgação dos resultados será no dia 12 de dezembro de 2018, no site www.iac.sp.gov.br no link da Pós-Graduação.

4. Programa da Prova Escrita:

4.1. Área de Concentração: GESTÃO DE RECURSOS AGROAMBIENTAIS

PROVA ESCRITA PARA TODOS OS CANDIDATOS

1. Fertilidade do Solo: conceitos de fertilidade do solo; acidez e calagem; nutrientes e disponibilidade; fertilizantes minerais e orgânicos; reciclagem de nutrientes.

2. Microbiologia do Solo: Estrutura das células procarióticas e eucarióticas; características básicas dos grandes grupos microbianos; Controle de microrganismos: fundamentos, agentes químicos e físicos.

3. Pedologia e Conservação do Solo: Fatores e processos de formação do solo; Componentes do solo; Horizontes e Perfil do solo; Erosão do solo; Formas de erosão; Fatores que atuam no processo erosivo; Propriedades físicas do solo.

4. Climatologia: Clima e tempo; Balanço hídrico; Zoneamento agroclimático.

5. Poluição do Solo: Uso de resíduos orgânicos na agricultura.

 

LITERATURA RECOMENDADA:

ABREU JR., C.H.; BOARETTO, A.E.; MURAOKA, T.; KIEHL, J.C. Uso agrícola de resíduos orgânicos potencialmente poluentes: propriedades químicas do solo e produção vegetal. Tópicos Ci Solo, 4:391-470, 2005. Capítulos: Manejo agrícola (p. 427-431), Propriedades dos solos (p. 432-455) e efeitos sobre as plantas (p. 455-458).

BERTONI, J. & LOMBARDI NETO, F. Conservação do Solo. São Paulo, Ícone Editora Ltda., 2010. Cap. 7 – Erosão, p. 68-93.

LEPSCH, I.F. Formação e Conservação dos Solos. São Paulo: Oficina de Textos, 2002. (capítulos: 1, 2, 3, 4 e 8).

ORTOLANI, A.A.; CAMARGO, M.B.P. Influência dos fatores climáticos na produção. In: CASTRO, P.R.C. et al. Ecofisiologia da produção agrícola. Piracicaba: Potafos, 1987, p. 71-81.

PELCZAR Jr, CHAN, E.C.S., KRIEG, N.R. Microbiologia: Conceitos e Aplicações – Vol. 1. 2o ed. São Paulo, Makron Books, 1997. 524 p. (capítulos 4, 6, 7, 8, 9 e 10).

PEREIRA, A.R; ANGELOCCI, L.R; SENTELHAS, P.C. Agrometeorologia: fundamentos e aplicações práticas. Guaíba: Agropecuária, 478p, 2002.

RAIJ, B. van. Fertilidade do solo e manejo de nutrientes. Piracicaba: International Plant Nutrition Institute, 2011. 420 p.

REICHARDT, K.; TIMM, L.C. Solo, planta e atmosfera – conceitos, processos e aplicações. 2º ed. Barueri, Editora Manole, 2012. Cap. 3 – O Solo, p. 17-56.

TOLEDO, M.C.M.; OLIVEIRA, S.M.B; MELFI, A. Intemperismo e Formação do Solo. p.139-162. In: Teixeira, W; Toledo, M.C.M.; Fairchild, T.R.; Taioli, F. (org.) Decifrando a Terra. São Paulo: Oficina de Textos, 2000.

4.2. Área de Concentração: GENÉTICA, MELHORAMENTO VEGETAL E BIOTECNOLOGIA

 

PROVA ESCRITA PARA TODOS OS CANDIDATOS:

1. Genética: Leis de Mendel (caracteres qualitativos); Interações alélicas e não-alélicas; alelismo múltiplo e incompatibilidade esporofítica e gametofítica; herança extra cromossômica; efeito materno; ligação, permuta genética (crossing-over) e mapa genético; Mutação.

2. Estrutura e funcionamento do material genético, Replicação; Transcrição e Tradução; processamento de RNA, regulação gênica em eucariotos. Marcadores moleculares e aplicações no melhoramento; Transformação genética.

3. Bases citológicas da herança; Mapeamento cromossômico.

4. Divisões celulares (meiose e mitose); Consequências genéticas da meiose; Gametogênese.

5. Mutações cromossômicas; Variações cromossômicas numéricas e estruturais. Cariótipo. Citogenética aplicada ao melhoramento.

6. Melhoramento genético vegetal: Recursos genéticos; Coleções de germoplasma e coleções nucleares; Variabilidade genética (utilização, caracterização e conservação); Reprodução em espécies cultivadas; Tipos de ação gênica; Recombinação genética no melhoramento; Melhoramento de espécies autógamas; Híbridos e seleção recorrente em espécies alógamas; Organismos geneticamente modificados; Importância do Melhoramento Genético Vegetal para a Agricultura tropical e subtropical.

7. Genética de populações, Genética quantitativa: Conceitos; Equilíbrio genotípico; Fatores que afetam as frequências alélicas; Caracteres quantitativos; Interação genótipos por ambientes; Endogamia e heterose; Princípios da experimentação e da análise estatística.

LITERATURA RECOMENDADA:

- ALLARD, R.W. Princípios do Melhoramento Genético das Plantas, Editora Edgard Blucher, 1971.

- BORÉM, A. & MIRANDA, G.V. Melhoramento de plantas. 5ª. Edição, UFV. 2009. 529p.

- BANZATTO, D.A. & KRONKA, S.N. Experimentação Agrícola, 3a. Ed., FUNEP, Jaboticabal, 1995

- CAIXETA, E. T.; OLIVEIRA, A. C. B.; BRITO, G. G.; SAKIYAMA, N. S. Tipos de marcadores moleculares. In: BORÉM, A.; CAIXETA, E. T. (Eds.). Marcadores moleculares. Viçosa, 2009. v.2, p.371-442.

- CLARK, A.G. & HARTL, D.L. Princípios de Genética de Populações. 4ª. edição. Editora Artmed, 2010, 660 p.

- DIAS, L.A.S. & BARROS, W.S. Biometria Experimental. 1ª. edição. Editora Suprema, 2009, 408 p.

- GUERRA, M.S. Introdução à Citogenética Geral. Editora Guanabara, 1988, 154 p.

- GUERRA, M. & SOUZA, M.J. Como observar cromossomos. Ribeirão Preto, FUNPEC, 2002, 131 p.

- GRIFFITHS, A.J.F.; WESSLER, S.; LEWONTIN, R.C.; CARROL, S. Introdução à Genética. Editora Guanabara Koogan, 9ª. Edição, 2009, 744p.

- JUNQUEIRA, L.C.U. & CARNEIRO, J. Biologia Celular e Molecular. Editora Guanabara Koogan, 9ª. Edição, 2012, 350 p.

- NASS, L.L. et al. Recursos Genéticos e Melhoramento de Plantas. Fundação MT, 2001, 1183 p.

- NASS, L.L. Recursos Genéticos Vegetais. Editora Embrapa, 2007, 858 p.

- PIMENTEL-GOMES, F. & GARCIA, C.H. Estatística experimental aplicada a experimentos agronômicos e florestais. Piracicaba: FEALQ, 2002. 309p.

- RAMALHO, M.A.P. et al. Experimentação em Genética e Melhoramento de Plantas. Editora UFLA, 2ª. Edição, 2005, 326 p.

- RAMALHO, M.A.P. et al. Genética na Agropecuária 5. Edição. Editora UFLA, 2012 565 p.

- WATSON J.D. et al. DNA recombinante: genes e genomas. Artmed Editora, 1ª edição, 2008, 474p.

4. 3. Área de Concentração: TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA

 

PROVA ESCRITA PARA TODOS OS CANDIDATOS:

1. - Fisiologia Vegetal: Metabolismo de carbono (fotossíntese, respiração e crescimento); Relações hídricas; Fitormônios e desenvolvimento.

2. - Nutrição de Plantas: Elementos essenciais e funções no metabolismo vegetal; Absorção de nutrientes via radicular e foliar; Transporte, acúmulo e distribuição dos nutrientes nas plantas; Elementos minerais benéficos e tóxicos; Desordens nutricionais; Diagnóstico do estado nutricional das plantas.

3. - Sistema de Produção Agrícola: Cultivo protegido; Cultivo hidropônico; Cultivo orgânico.

4. - Projetos de pesquisa: Estrutura; Planejamento; Desenvolvimento.

LITERATURA RECOMENDADA:

-BASTOS, L. et al. Manual para elaboração de projetos, relatórios de pesquisa, teses, dissertações e monografias. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2003. 240p.

- EPSTEIN, E.; BLOOM, A.J. Nutrição mineral de plantas: princípios e perspectivas. Londrina: Editora Planta, 2006. 403p.

- TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. Porto Alegre: Artmed, 2004. 719p. por Fisiologia Vegetal - 5ª Ed. 2013.

- CASTILLA, N. Invernadeiros de plástico – Tecnologia y manejo, Madrid: Mundi Prensa. 2005.462p.

- FURLANI, P.R.; SILVEIRA, L.C.P.;BOLONHEZI, D.;FAQUIM, V.Cultivo hidropônico de plantas. Campinas, Instituto Agronômico (Bolentim Técnico 180), 1999.52p.

- NOVAIS, R. F.; ALVAREZ, V.H.; BARROS, N.F.; FONTES, R.L. F.; CANTARUTTI, R.B.; NEVES, J.C.L. Fertilidade do solo. 1 ed. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007.